sábado, 6 de julho de 2013

Avivamento da Fé #1

É primeiramente renunciando o nosso Eu que poderemos 
dar passos concretos naquilo que o Senhor nos designou!

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Forró do bom :D



♫ Forró do bom recheado de amor 
Forró do bom é aqui na festa do Senhor...

Vem cá irmão se "aprochegue" pra dançar
Pegue a alegria e jogue a tristeza pra lá, Deus preparou essa festa pra você. Caia neste forrozão, até o dia amanhecer. ♫

Comidas típicas, fogueira, oração, forró e muito mais, chame seus amigos e venha passar uma noite com jeito jovem carismático de ser, ESPERAMOS POR VOCÊ!


TV Rumo ao Céu \O/


sexta-feira, 14 de junho de 2013

Conselho aos jovens católicos

[fonte: blog Dominus Vobiscum]
ensino-medio-abre-size-598
Neste tempo que andei sumido tive a oportunidade de ensinar em uma escola pública aqui no Guarujá, e por isso mesmo, me aproximei mais do universo da juventude do Brasil, sobretudo aquela que é deixada de lado, os jovens mais carentes das classes mais baixas da nossa sociedade. E confesso que fiquei chocado…
Infelizmente o cenário não é bom. Os jovens não recebem a educação que deveriam ter recebido para frequentar um ambiente público: Na sua maioria não respeitam ninguém, não respeitam as autoridades, não respeitam os amigos e muito menos não respeitam a si mesmos. A convivência com a violência é tanta que essa maioria se trata como cachorros. Porém o pior de tudo é ver que esta grande maioria não tem perspectivas de uma vida melhor. É triste ver que os jovens deixaram de sonhar. Não projetam um futuro e não se esforçam para atingir este futuro.
Dentro deste cenário caótico, estão os jovens católicos. Muitos dos nossos jovens que participam das atividades da Igreja frequentam as escolas públicas, vivem dentro desta realidade de desrespeito aos outros e a si mesmo, e sabem perfeitamente do que estou falando.
Porém mesmo sendo vítimas de tudo isso, os jovens católicos precisam remar contra a maré, ser diferentes e fazer a diferença. Para evangelizar os jovens da escola, os jovens católicos precisam aprender e entender que cristianismo não é só palavra, mas testemunho. Não adianta você ir para a Igreja e no dia a dia continuar com atitudes que não condizem com a fé que você propaga. A pessoa que vive de um jeito e fala de outro se chama hipócrita. E você não pode ser reconhecido como hipócrita. Um jovem católico não pode falar de Jesus e viver chamando palavrões. Não pode destratar ninguém, sobretudo usando palavras de baixo calão. Ser um jovem católico que verdadeiramente testemunha a sua fé é também dar testemunho prestando atenção nas aulas, respeitando seus professores e tirando boas notas. Ser um jovem católico é não abusar da sensualidade e saber que hora de estudar é hora de estudar. Hora de brincar é hora de brincar. Cada coisa a seu tempo.
Veja com isto não estou dizendo que as escolas no Brasil são perfeitas. Porém um erro não justifica o outro. Se a escola não é boa, eu não posso me acomodar na ruindade dela. Se a família não está bem eu não posso me nivelar no que é ruim. Ser católico é olhar para o Cristo e tentar imitá-lo em todos os momentos e Ele é bom por excelência.
É preciso se perguntar: Se Jesus estivesse no meu lugar Ele se comportaria assim? Ele falaria deste jeito? Usaria esta roupa? Estaria no meio da aula ouvindo música no celular? Escutaria este tipo de música? Trataria o professor como eu estou tratando? Se comportaria na sala de aula como eu estou me comportando?
O bom católico não pode viver no mais ou menos. Tem que ser bom no que faz e fazer bem feito todas as coisas. Por isso o jovem católico não pode e não deve, em hipótese alguma, ser medíocre com as suas notas e no seu desempenho escolar. É um contra testemunho danado você viver na Igreja com notas vermelhas. Nota vermelha significa preguiça (pecado), desleixo (pecado), irresponsabilidade (pecado) e o pior de todos os pecados: Não investir em você mesmo!
Como seria bom se os grupos de oração, movimentos e pastorais que trabalham com a juventude do Brasil, orientassem seus jovens também com esta visão de uma fé testemunhada no dia a dia. Hoje é preciso entender que educação, bom comportamento, respeito as autoridades, maneira de se portar e de falar também são fortes testemunhos de fé.
Na boa: Jovens católicos repensem suas vidas. Palavras convencem. Mas o testemunho arrasta!

sexta-feira, 31 de maio de 2013

Projeto Caminho de Namoro

Há um tempo pra cada coisa... E este Sábado Rumo ao Céu é o tempo de conhecer o projeto caminho de namoro, alegrar no louvor, adorar, rezar e conhecer uma galera linda de Deus! É isso mesmo venha conhecer o jeito jovem carismático de ser, chame seus amigos e experimente o novo que Deus tem para você! Vem todo mundo vem o7

quinta-feira, 23 de maio de 2013

Especial de Pentecostes


Para fecharmos com chave de ouro, venha Jovem experimentar e vivenciar o Cenáculo, derramamento do Espirito Santo sobre nós, jeito Carismático jovem de ser! Esperamos por você!



#ClipdoMês



Que tal movimentar seu Grupo, Paroquia, Cidade para fazer um Flash Mob? Com esta musica super bacana do Nilton Junior. Bora mostrar nossa força! Eu acredito em nossa juventude!


sexta-feira, 17 de maio de 2013

Especial Pentecostes!

Como saber se a arvore é boa? Pelos frutos! Mt 7,15
Esse Sábado uma noite cheia de frutos do Espirito Santo, com alegria, oração um Especial do Pentecostes, fogo do céu!! Vem todo mundo!


sexta-feira, 10 de maio de 2013

#MariaIntercessoraMãe


Ta chegando \O/ 

Chame sua Mãe para participar desse maravilhoso grupo SUPER ESPECIAL,
 com Testemunho de uma família vivenciada pela intercessão de Maria ás 19:30!

sábado, 4 de maio de 2013

O Senhor quer te presentear com os Dons!!!

Você quer receber os Dons do Espirito Santo? Então venha nesta noite, com o ínicio do nosso Especial de Pentecostes, receber os carismas e os dons que vem do Alto! Traga toda sua família, e aqueles que Deus te confiou como amigos! Esperamos por vocês! Paz e Fogo!!!!

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Especial de Pentecostes !!!


Venha vivenciar essa experiencia nova! Um novo Pentecostes vai acontecer, 
e o Fogo do Céu vai cair! 
Esperamos por você! 
No mês de MAIO aqui no Rumo ao Céu

Venha partilhar com a Gente!

Como é bom louvarmos, sorrir, partilharmos a vida e a palavra de Deus! 
Um sábado diferente, cheio de unção, jeito jovem carismático de ser, 
AO PARTICIPAR NÃO SERÁ MAIS O MESMO(A)!

Quer dar um "UP" no seu sábado? Bora pro Rumo ao céu \O/
E no final vai rolar um Happy hour (partilha de comes e bebes)
VEM TODO MUNDO VEM!


 

Transporte na #JMJ

[fonte: Destrave]

A Jornada Mundial da Juventude está bem próxima. Falta pouco para que o Rio de Janeiro seja, dos dias 23 a 28 de julho, palco do maior encontro de jovens do mundo; e para que estes peregrinos sejam bem acolhidos na cidade maravilhosa, é preciso uma grande infraestrutura de transporte, alimentação, hospedagem etc.
Como sabemos, a cidade do Rio de Janeiro abrigará grandes eventos internacionais, e uma das preocupações dos brasileiros diz respeito à infraestrutura de transporte da cidade.
O transporte público, no Brasil, não é algo que receba nossas melhores notas, pois são poucas linhas de metrô, ônibus lotados e trânsito , as quais testam, diariamente, a nossa paciência. Para quem esteve nas Jornadas anteriores, como Sidney e Madri, por exemplo, sabe que existirá uma disparidade muito grande com relação à mobilidade dos peregrinos. No entanto, há uma organização muito positiva por parte do COL (Comitê Organizador Local) junto às Secretarias de Transporte do Município e do Estado para diminuir os impactos desta realidade durante os dias de evento.
Segundo Carlos Osório, Secretário Municipal de Transporte da Cidade do Rio, será montada uma grande estrutura para o transporte dos peregrinos. “Todos os acessos rodoviários do Estado do Rio de Janeiro serão monitorados pela Polícia Federal e haverá um esquema especial de trânsito até a chegada à nossa região metropolitana. Nós teremos bolsões para o estacionamento de ônibus de peregrinos, e, dentro deste planejamento, estão as principais vias de acesso rodoviário, assim como os aeroportos”, disse o secretário.
Confira a reportagem:


A cidade do Rio conta com uma frota de 8,7 mil ônibus operados por 47 empresas. Duas linhas de metrô, com 42 km de extensão e 35 estações, sendo algumas delas interligadas com a SuperVia (sistema de trens urbanos) e ônibus expresso. A frota de táxi conta com 33 mil carros e um sistema interligado com GPS, o qual opera 24h por dia.
Abaixo, listamos algumas dicas básicas para quem virá ao Rio de Janeiro, sobretudo para pequenos grupos ou aqueles que não fretarão transporte:
  • No aeroporto, há empresas que possuem linhas de ônibus até o centro da cidade, as quais rodam de 1 em 1 hora em média. O valor varia de 5 a 12 reais. Voluntários estarão no aeroporto orientando os peregrinos.

  • Se você estiver num grupo de poucas pessoas e preferir mais comodidade, pode pegar um táxi; no entanto, o valor da corrida não é tão barato. A dica é: prefira o táxi apenas para trajetos curtos. (Obs.: taxistas receberão em outras moedas).

  • Para participar dos atos centrais e das várias atividades da JMJ espalhadas pela cidade, prefira o transporte público (ônibus e metrô). Para os peregrinos que fizeram inscrição, o kit peregrino contém passe livre para este serviço.

  • Segundo a organização do evento, os peregrinos ficarão hospedados por regiões linguísticas para facilitar a mobilidade. Por exemplo: os grupos de língua italiana serão divididos na mesma região, na qual acontecerá a catequese de língua italiana, assim, não precisarão se deslocar para outras regiões da cidade.

  • Quem já participou de outras Jornadas sabe que não existe muito conforto em um evento como este; afinal, trata-se de uma peregrinação que exige uma dose a mais de renúncia, sacrifício e tolerância. Portanto, esteja disposto a caminhar bastante na cidade do Rio de Janeiro e contemplar a sua beleza natural.

sexta-feira, 19 de abril de 2013

#Em Ritmo JMJ


Um grupo cheio de surpresas, alegria e um

 Jeito Jovem Carismático de ser, então vem galera e 

chame seus amigos será imperdível#emritmoJMJ





quinta-feira, 18 de abril de 2013

"A Igreja não é uma babá"








Homilia do Papa Francisco na Domus Sanctae Marthae nesta quarta-feira

A Igreja não tem que ser como uma “babá que cuida da criança para fazê-la dormir”. Se fosse assim seria uma “Igreja adormecida”. Quem conheceu a Jesus tem a força e a coragem de anunciá-lo. Do mesma forma, quem recebeu o batismo tem a força de caminhar, de seguir adiante, de evangelizar. E “quando fazemos isso a Igreja se torna uma mãe que gera filhos” capazes de levar Cristo ao mundo. Esta é em síntese a reflexão que o Papa Francisco propôs esta manhã, quarta-feira, 17 de abril, durante a celebração da missa na capela da Domus Sanctae Marthae, à qual participaram vários empregados do Instituto para as Obras de Religião. Entre os concelebrantes Monsenhor Vincenzo Pisanello, bispo de Oria, e Giacinto Boulos Marcuzzo, vigário do Patriarca de Jerusalém dos Latinos para Israel.

Durante a homilia, o Pontífice - comentando a primeira leitura dos Atos dos Apóstolos (8, 1-8), disse que "após o martírio de Estêvão, estourou uma violenta perseguição contra a Igreja de Jerusalém. Lemos no livro dos Atos que a Igreja estava toda tranquila, toda em paz, a caridade entre eles, cuidavam das viúvas. Mas depois chega a perseguição. Isso é um pouco o estilo da vida da Igreja: entre a paz da caridade e a perseguição”. E acontece assim porque esta, explicou, tem sido a vida de Jesus. Depois da perseguição, continuou o Pontífice, todos fugiram menos os apóstolos. Os cristãos pelo contrário “Fugiram.

Sozinhos. Sem sacerdotes. Sem bispos: sozinhos. Os bispos, os apóstolos, estavam em Jerusalém para fazer um pouco de resistência a estas perseguições”. Porém aqueles que fugiram “foram de um lugar para o outro, anunciando a Palavra”. É sobre eles que o Papa quis chamar a atenção dos participantes. Eles "deixaram casa, levaram consigo talvez poucas coisas; não tinham segurança, mas foram de um lugar para o outro proclamando a Palavra”. Levavam consigo a riqueza que tinham: a fé. Aquela riqueza que o Senhor os tinha dado. Eram simples fiéis, apenas batizados há pouco mais de um ano, talvez. Mas tinham aquela coragem de ir e anunciar. E tinham acreditado! E também faziam milagres! “Expulsavam espíritos impuros de muitos endemoniados, emitindo fortes gritos, e muitos paralíticos e coxos eram curados”.

Ao final: “Houve grande alegria naquela cidade!” Também Filipe tinha ido. Estes Cristãos – cristão há pouco – tiveram a força, a coragem de anunciar Jesus. O anunciavam com as palavras, mas também com as suas vidas. Suscitavam curiosidade: “Mas... quem são estes?". E eles diziam-lhes: “Nós conhecemos Jesus, encontramos Jesus, e o trazemos. Somente tinham a força do batismo. E o batismo lhes dava esta coragem apostólica, a força do Espírito”.

A reflexão do Papa, em seguida, mudou-se para o homem de hoje: “Eu penso em nós, batizados, se ainda temos esta força. E penso: “Mas nós, acreditamos nisso? Que o batismo seja suficiente para evangelizar? Ou esperamos que o sacerdote diga, que o bispo diga... e nós?”Muitas vezes, notou o Pontífice, a graça do batismo é deixada um pouco de lado e nós nos fechamos nos nossos pensamentos, nas nossas coisas. “Às vezes pensamos: “Não, nós somos cristãos: recebemos o batismo, fizemos a crisma, a primeira comunhão... e assim a carteira de identidade está bem. E agora dormimos tranquilos: somos cristãos”. Mas, “onde está esta força do Espírito que nos leva adiante?” perguntou o Papa. “Somos fieis ao Espírito para anunciar Jesus com a nossa vida, com o nosso testemunho e com as nossas palavras? “Quando fazemos isso, a Igreja se torna uma Igreja Mãe que gera filhos”. Filhos da Igreja que testemunham Jesus e a força do Espírito. “Mas – foi a admoestação do Papa – quando não o fazemos, a Igreja se torna não mãe, mas Igreja babá, que cuida da criança para fazê-la dormir. É uma Igreja adormecida. “Pensemos no nosso batismo, na responsabilidade do nosso batismo”.

E para reforçar o conceito expresso Papa Francisco lembrou de um episódio acontecido no Japão nas primeiras décadas do Século XVI, quando os missionários católicos foram expulsos do país e as comunidades permaneceram por mais dois séculos sem sacerdotes. Sem. Quando os missionários voltaram depois encontraram uma comunidade viva na qual todos estavam batizados, catequizados, casados na Igreja! E até mesmo os mortos tinham recebido uma sepultura cristã. “Mas – continuou o Papa – não há sacerdote! Quem tinha feito isso? Os batizados!”. Eis a grande responsabilidade dos batizados: “Anunciar Cristo, levar adiante a Igreja, esta maternidade fecunda da Igreja. Ser cristão não é fazer uma carreira de estudo para se tornar um advogado ou um médico cristão; não. Ser cristão é um dom que nos faz ir pra frente com a força do Espírito no anúncio de Jesus Cristo”. Por fim, o Papa dirigiu o seu pensamento à Nossa Senhora que sempre acompanhou os cristãos com a oração quando eram perseguidos ou dispersos. Orava muito. Mas também os animava: “Ide, fazei...”

"Pedimos ao Senhor - concluiu - a graça de fazer batizados corajosos e seguros que o Espírito que temos em nós, recebido pelo batismo, nos empurre sempre a anunciar Jesus Cristo com a nossa vida, com o nosso testemunho e também com as nossas palavras”.



Fonte: RCCbrasil.org.br

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Vem todo mundo vem!


Dica de Filme: #pipoca#amigos#finaldesemana

Por mais difícil que seja sua história, ela sempre terá sinais do amor de Deus. Esse amor muitas vezes se manifesta por meio de pessoas, amigos, familiares. Acreditar no próximo é a grande chave para a mudança de vida.











Fonte: Revolução Jesus(Cancão Nova)

segunda-feira, 1 de abril de 2013

#Noitedetalentos!

Chegou a sua vez! Você que canta no chuveiro, faz imitações, pinta, fotografa, dança, pula e chora... Enfim, faz uma ótima arte, ou você que diz que não talento chegou seu dia noite :D
Bora se inscrever! Será uma noite maravilhosa! Esperamos sua inscrição!





Christus Resurrectus est! Aleluia! Aleluia!


quinta-feira, 28 de março de 2013

Costume Cristão, vale a pena!


Domingo é o grande e glorioso dia do Senhor, por isso, celebraremos essa data com uma grande festa, uma Ceia de Páscoa! Nesse "Sábado de Aleluia" (30/03). Aos interessados em participarem, por favor, entrem em contato conosco através dessa página. A paz de Jesus, o amor de Maria e o fogo do Espírito Santo a todos!!

E você que não pode estar conosco pela distância... Faça ai na sua comunidade, no seu grupo de oração jovem, com uma grande ceia, música, alegria e a galera toda reunida, pois esta é a DATA MAIS ESPECIAL: A RESSURREIÇÃO. Aquela festa de fim de ano que fazemos.. ela que temos que fazer nesta virada 30 e 31/03 pois celebraremos um NOVO TEMPO! Vale a pena difundir esse lindo costume no seu grupo!

quarta-feira, 27 de março de 2013

Nutrição funcional, e muita diversão!

Aprenda uma super e deliciosa receita de panqueca! SEM GLUTEN E SEM LACTOSE!
E se divirta com o de "Frente com o Thiaguinho", na entrevista descolada entre servos e coordenadores do ministério Jovem (diocese de Santos) no Cefas, sobre a Lactose! 
Confira aê: 



segunda-feira, 25 de março de 2013

#Entendendo a espiritualidade da Semana Santa


Hoje quero convidar você a rezar e a viver a liturgia desta Semana, clamando as mãos ensangüentadas de Jesus, Suas Santas Chagas e experimentar a ressurreição e a Salvação. Apresentemos onde mais precisamos que Jesus nos toque. É importantíssimo participar das funções litúrgicas na sua paróquia e renovar sua fé e seu batismo junto com a sua comunidade, por isso, procure saber os horários de cada celebração.

O Domingo de Ramos e da Paixão do Senhor abre solenemente a Semana Santa. No século IV, já encontramos em Jerusalém notícias sobre uma celebração que procurava recordar o mais exatamente possível à entrada histórica de Jesus de Nazaré na cidade. Cristo que é saudado como Messias e Rei entra voluntariamente para sua Paixão. A liturgia das palmas antecipa neste domingo, chamado de páscoa florida, o triunfo da ressurreição, enquanto que a leitura da Paixão nos convida a entrar conscientemente na Semana Santa da Paixão gloriosa e amorosa de Cristo o Senhor.
Sentido do Tríduo Pascal
O Tríduo Pascal é a maior celebração das comunidades cristãs. A Páscoa é o centro do ano litúrgico, fonte que alimenta a nossa vida de fé. Celebrar o Tríduo Pascal da paixão e ressurreição do Senhor é celebrar a obra da redenção humana e da perfeita glorificação de Deus que o Cristo realizou quando, morrendo, destruiu a nossa morte e ressuscitando, renovou a vida.
Quando teve início o Tríduo Pascal?
No final do século IV, encontramos já organizado um tríduo pascal, que Santo Agostinho recomendava vivamente a seus fiéis. Formavam, em princípio, o tríduo: a sexta-feira, o sábado e o domingo. É no século VII que o tríduo se inicia com a “Ceia do Senhor” na tarde da quinta-feira, com o que fica ele constituído pela quinta-feira, pela sexta-feira e pelo sábado – aí incluída a vigília pascal. As três datas formam uma unidade: a celebração do mistério pascal.
O que celebramos na Quinta-feira Santa?
O Senhor celebrara com os seus a última ceia no contexto da páscoa judaica: a comemoração da passagem de Israel pelo Mar Vermelho. Nesse dia, Cristo inaugura à nova Páscoa, a da aliança nova e eterna, a de seu pão compartilhado e seu sangue derramado, a de seu amor levado ao extremo e do mandato do amor para nós, a de sua passagem pela morte à ressurreição, a Páscoa que devemos celebrar em sua comemoração. Eucaristia, sacerdócio, mandato do amor e nova Páscoa do Senhor são o conteúdo preciso da missa da Ceia do Senhor. O transporte das formas (hóstias) consagradas à urna para a comunhão da sexta-feira inicia-se no século XIII. O “monumento” (local físico) é elemento acidental e só encontra sentido em vinculação com o mistério celebrado: agradecimento ao amor de Cristo e oração-reflexão do mistério pascal.
O que celebramos na Sexta-feira Santa?
Como vem acontecendo há muito tempo, hoje não se celebra a missa, tendo lugar à celebração da morte do Senhor: o mistério que é celebrado é uma cruz dolorosa e sangrenta, mas ao mesmo tempo vitoriosa e resplandecente. Trata-se de morte, a de Cristo, real e tremenda; mas é passagem para uma vida ressuscitada e eterna. O amor de Deus, que é vida, terá mais poder do que o pecado do homem, que é morte. A celebração incorpora-nos à redenção de Cristo e a seu mistério de salvação universal: pela morte à vida.
O que celebramos na Vigília Pascal?
Contamos com documentos do início do século III, que apresentam alguns elementos desta celebração, tais como: jejum, oração, eucaristia – e até batismo, com a bênção da “fonte batismal”. Vão-se acrescentando depois novos elementos: o canto do Exulte, que se vê documentado no século IV e a bênção do círio pascal, no século V. Pouco a pouco, foi-se enriquecendo esta última, que deve ser “a celebração das celebrações” para o cristão, e a que Santo Agostinho denominava “Mãe de todas as vigílias”. Assim ouvimos com alegria: “Cristo ressuscitou, verdadeiramente, dos mortos”! Num duelo admirável a morte lutou contra a vida, e o Autor da vida se levanta triunfador da morte. Terminou o combate da luz com as trevas, combate histórico de Jesus com os fariseus e todas aquelas pessoas que não acolheram o Reino de Deus. Após as trevas brilhará o sol da Ressurreição!

Oração a Jesus Crucificado
Eis-me aqui, meu bom e dulcíssimo Jesus! Humildemente prostrado em vossa presença, eu vos peço e suplico, com toda alegria do meu ser, que graveis no meu coração os mais vivos sentimentos de fé, esperança, caridade, arrependimento dos meus pecados e firme decisão de mudar de vida. Contemplo com grande dor as vossas cinco chagas, vossas chagas gloriosas de onde jorraram o Teu Preciosíssimo Sangue. Vem tocar em mim com Tuas mãos chagadas e cura-me, liberta-me. Tendo presente as palavras que já o profeta Davi colocava em vossa boca, ó bom Jesus: “Traspassaram as minhas mãos e os meus pés e contaram todos os meus ossos”. Meu bom Jesus crucificado, que eu também saiba aceitar as contrariedade e dores da vida e socorrer os meus irmãos que sofrem. Que neste mundo eu possa viver como pessoa ressuscitada pelo amor de Deus em Cristo Jesus.Amém!




Fonte: Blog Pe.Luizinho CN

quinta-feira, 21 de março de 2013

#CF2013 "Eis-me aqui, envia-me!"



Refletir o tema proposto pela Campanha da Fraternidade 2013, chama-nos abrir as portas aos Jovens! Assim este sábado Deus te chama a juntos estarmos unidos, com a alegria, oração e fogo de pentecostes sobre nós! Ta esperando o quê? Venha participe deste encontro com Deus e com você mesmo(a), que será um NOVO DE DEUS em sua VIDA! #tamujunto!





Habemus Papam!


sábado, 16 de março de 2013

Noite de Cura e Libertação

Hoje é a noite em que a graça da cura vai acontecer!
E onde muitos corações serão libertados!
Por isso venha beber dessa fonte de água viva e inesgotável que é o Senhor!
Te aguardamos!

quinta-feira, 7 de março de 2013

Até onde vai a sua fé?


Está chegando o final de semana e você já tem um programa especial para sábado a noite: 
Que tal se alegrar verdadeiramente com uma fé viva, que vem de Jesus Cristo? 
Neste sábado às 19:30hs, te esperamos para receber, também, a graça dessa alegria verdadeira! 


quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Amar a Igreja significa ter a coragem de fazer opções difíceis, diz Bento XVI

[fonte: CN]

Última Catequese de Bento XVI

Nesta quarta-feira, 27, Bento XVI fez a última Catequese de seu Pontificado
Jéssica Marçal
Da Redação, com Boletim da Santa Sé
Última Catequese de Bento XVI
Bento XVI se despede dos fiéis presentes na Praça São Pedro no Vaticano (Foto: Clarissa Oliveira / CN Roma)
O Papa Bento XVI realizou, na manhã desta quarta-feira, 27, a última Catequese de seu Pontificado. Uma multidão de fiéis compareceu à Praça São Pedro, no Vaticano, para acompanhar de perto a última atividade pública do Santo Padre.
Bento XVI enfatizou que amar a Igreja é também ter a coragem de fazer opções difíceis, visando sempre ao bem da Igreja, e não de si mesmo. Ele agradeceu aos fiéis pelo afeto de todos e, sobretudo, a Deus, que guia e faz crescer a Igreja.
“Obrigado de coração! Estou realmente tocado e vejo a Igreja viva. Penso que devemos agradecer também ao Criador, pelo clima belo que nos dá ainda no inverno. Como o apóstolo Paulo, no texto bíblico escutado, também eu sinto, no meu coração, o dever de agradecer sobretudo a Deus, que guia e faz crescer a Igreja, que semeia a Sua Palavra e assim alimenta a fé no Seu povo. Neste momento, a minha alma se expande para abraçar toda a Igreja no mundo”.
Bento XVI também destacou que leva consigo todos em oração, um presente de Deus, confiando tudo e todos ao Senhor. Em especial, neste momento, ele disse que há em si uma grande confiança, porque ele sabe, e todos sabem, que a Palavra de verdade do Evangelho é a força da Igreja, é a sua vida.
“O Evangelho purifica e renova, traz frutos, onde quer que a comunidade de crentes o escute, e acolha a graça de Deus na verdade e viva na caridade. Esta é a minha confiança, esta é a minha alegria”.
O Santo Padre recordou ainda o dia em que assumiu o pontificado, em 19 de abril de 2005. Ele disse que, nesses oito anos de pontificado, sempre sentiu que, na barca, está o Senhor. “Sempre soube que a barca da Igreja não é minha, não é nossa, mas do Senhor”.
Ele reconheceu que um Papa não está sozinho na condução da barca de Pedro, embora lhe caiba a primeira responsabilidade. “O Senhor colocou ao meu lado muitas pessoas que me ajudaram e sustentaram. Porém, sentindo que minhas forças tinham diminuído, pedi a Deus com insistência que me iluminasse com a Sua luz para tomar a decisão mais justa; não para o meu bem, mas para o bem da Igreja. Dei este passo com plena consciência da sua gravidade e inovação, mas com uma profunda serenidade de espírito”.
O Papa lembrou ainda o Ano da Fé, uma iniciativa que ele instituiu com o objetivo de reforçar a fé em Deus, tendo em vista um contexto que parece colocá-Lo sempre mais em segundo plano.”Gostaria de convidar todos a renovar a firme confiança no Senhor, a confiar-nos como crianças nos braços de Deus, certo de que estes braços nos sustentam sempre e são aquilo que nos permite caminhar cada dia, mesmo no cansaço”.
Bento XVI deixa o Ministério Petrino, nesta quinta-feira, 28, às 20h (horário de Roma, 16h em Brasília), e passará um período em Castel Gandolfo até a eleição do novo Pontífice.

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Receba a água da vida!


Você tem sede? Então venha beber dessa água da vida!
Te esperamos com muita alegria, venha se refrescar com a chuva de graça do Senhor!

Traga seus amigos, sua família para experimentarem esse amor!

Proposta para um vida de oração!

[fonte: Destrave CN]


A mensagem dada pela Virgem Santíssima, certo dia em Medjiugorie, aplica-se a este ano que nos espera: “filhos queridos, vos convido a conversão individual. Este tempo é para vocês, porque o meu Filho dileto, sem a vossa cooperação, não pode realizar o que deseja. Filhos queridos, orem a fim de que possam crescer espiritualmente e ficarem mais próximos de Deus”.
Um rumo para a caminhada espiritual que vai ao encontro do Pai. Este é o pedido dela. No entanto, já sabendo das tribulações que cada filho seu iria passar, a Mãe completa: “entrego para vocês as 5 pedrinhas que representam as armas contra o vosso gigante Golias com as quais poderão vencer qualquer batalha”. Mas o que significa cada pedrinha?
A primeira pedra é a Eucaristia. A presença real de Jesus, o sacramento da salvação, a experiência de comunhão que, se possível, deve ser diária. Gradativamente, estando com o coração aberto, Deus vai agindo com maior facilidade onde deve agir.
A segunda pedra é a confissão, que deve ser feita com real arrependimento. É o sacramento da reconciliação, quando a paz é restituída e a cura interior é promovida. É capaz de enfraquecer vícios e trazer maior vigor para os próximos passos.
A terceira pedra é a Bíblia. Palavra de vida (compreenda a força da palavra “vida”!), o alimento espiritual. Ali se encontram as “placas” para o caminho da santidade. Quantos problemas desnecessários seriam evitados e soluções seriam encontradas se fossem compreendidas as palavras do Senhor?
“Entrego para vocês as 5 pedrinhas que representam as armas contra o vosso gigante Golias com as quais poderão vencer qualquer batalha”
A quarta pedra é o Santo Rosário. Percorrer a vida de Jesus por meio dos mistérios gozosos, luminosos, dolorosos e gloriosos. Aqui, a persistência e a disciplina são os segredos. Nos primeiros dias, reze uma Ave-Maria. Depois, uma dezena. Tão logo, o feito de rezar o terço será alcançado. Esperançosamente, o Rosário será uma oração habitual. Particularmente, chamo-a de pedra da alegria. Nem preciso responder o porquê.
A quinta pedra, por fim, é o jejum. É uma penitência que nos fortifica e purifica, podendo ser feita de diversas formas. O importante é verificar qual a melhor forma de fazê-lo dada as circunstâncias de vida de cada um. Há de se lembrar que podem ser usadas e acrescentadas outras pedrinhas como a adoração ao Santíssimo Sacramento, o terço da misericórdia, entre outras.
Diante do exposto, ficam as perguntas: você realiza alguma dessas práticas? Seu empenho era satisfatório e condizente com a sua disponibilidade? Em qual(is) delas você precisa se empenhar mais?
O importante é seguir em frente na caminhada espiritual, dar uma nova direção a ela junto com o novo ano que se apresenta!
Nossa Senhora, rogai por nós!

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Rezemos pelo amado Bento XVI!



Cidade do Vaticano (RV) - Bento XVI anunciou esta segunda-feira que se demitirá no dia 28 de fevereiro. Eis o texto integral do anúncio:


Caríssimos Irmãos,

convoquei-vos para este Consistório não só por causa das três canonizações, mas também para vos comunicar uma decisão de grande importância para a vida da Igreja. Depois de ter examinado repetidamente a minha consciência diante de Deus, cheguei à certeza de que as minhas forças, devido à idade avançada, já não são idóneas para exercer adequadamente o ministério petrino. Estou bem consciente de que este ministério, pela sua essência espiritual, deve ser cumprido não só com as obras e com as palavras, mas também e igualmente sofrendo e rezando. Todavia, no mundo de hoje, sujeito a rápidas mudanças e agitado por questões de grande relevância para a vida da fé, para governar a barca de São Pedro e anunciar o Evangelho, é necessário também o vigor quer do corpo quer do espírito; vigor este, que, nos últimos meses, foi diminuindo de tal modo em mim que tenho de reconhecer a minha incapacidade para administrar bem o ministério que me foi confiado. Por isso, bem consciente da gravidade deste acto, com plena liberdade, declaro que renuncio ao ministério de Bispo de Roma, Sucessor de São Pedro, que me foi confiado pela mão dos Cardeais em 19 de Abril de 2005, pelo que, a partir de 28 de Fevereiro de 2013, às 20,00 horas, a sede de Roma, a sede de São Pedro, ficará vacante e deverá ser convocado, por aqueles a quem tal compete, o Conclave para a eleição do novo Sumo Pontífice.
Caríssimos Irmãos, verdadeiramente de coração vos agradeço por todo o amor e a fadiga com que carregastes comigo o peso do meu ministério, e peço perdão por todos os meus defeitos. Agora confiemos a Santa Igreja à solicitude do seu Pastor Supremo, Nosso Senhor Jesus Cristo, e peçamos a Maria, sua Mãe Santíssima, que assista, com a sua bondade materna, os Padres Cardeais na eleição do novo Sumo Pontífice. Pelo que me diz respeito, nomeadamente no futuro, quero servir de todo o coração, com uma vida consagrada à oração, a Santa Igreja de Deus.

Vaticano, 10 de Fevereiro de 2013.

BENEDICTUS PP XVI

sábado, 9 de fevereiro de 2013

CARNAVAL!!!

HOJE INICIA O RETIRO DE CARNAVAL DA RCC GUARUJÁ NA PARÓQUIA BOM JESUS (VILA ZILDA) ÁS 19:00HS! E POR ISSO NÃO HAVERÁ NENHUM GRUPO DE JOVENS/ADULTO HOJE A NOITE, E POR ISSO TE CONVIDAMOS A PASSAR ESSE CARNAVAL CONOSCO! 
VEM, SE ACHEGA QUE ESSA GRAÇA É DE GRAÇA!

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Carnaval é com CRISTO!

Venha louvar junto conosco nesse retiro que será maravilhoso!
Nós como cristãos devemos manter a nossa fé, e seguir aquilo que a Igreja nos manda!
Que possamos ser santos até mesmo no carnaval! Venha participar!


sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Venha vivenciar a realização do sonho de Deus!

ULTIMO SÁBADO FESTIVO AO ANIVERSÁRIO DO GRUPO!
CHAME SEUS AMIGOS, PARTICIPE E VOCÊ QUE UM DIA JÁ PARTICIPOU, SAIBA QUE FAZ PARTE DA FAMÍLIA E SUA PRESENÇA É UM ENORME PRESENTE! 
ESPERAMOS VOCÊ!




quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Haverá uma pessoa especial te esperando na Acolhida!

Maria é quem roga por nós;
E neste sábado, ela quer te pegar pela mão, e te conduzir, para que se você decida a seguir o caminho que leva a porta do Céu!
Esperamos você, e todos a quem você convidar! Traga mais pessoas para experimentar essa graça!
NESTE SÁBADO, ÁS 19:30

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

TV RUMO AO CÉU


Vale a pena assistir e rir um pouco(muito) amados!

Venha tocar o céu junto com a gente!

É tempo de orarmos mais, de nos aproximarmos mais do Senhor, de poder tocar o CÉU!
E você é o nosso convidado especial, para ESSE SÁBADO!
Ás 19:30 na Capela São Lucas - Vila Julia!
Traga seus melhores amigos, sua família para experimentarem desse amor que vem do alto!

ESPERAMOS VOCÊ!

Nosso corpo é casa de Deus

[fonte: Destrave CN]


Conteúdo enviado pelo internauta Felipe Moraes - Missão Jovens Sarados - Caraguatatuba)
“Ou não sabeis que o vosso corpo é templo do Espírito Santo, que habita em vós, o qual recebestes de Deus e que, por isso mesmo, já não vos pertenceis?” (1 Coríntios 6:19)
Irmãos, nosso corpo é templo vivo do Senhor, ou seja, somos a casa d’Ele. Ele habita em nós. Somos caseiros de nós mesmos. “Residimos” em nosso corpo, mas ele não nos pertence de fato. É como se morássemos de aluguel e nada nos fosse cobrado.
Sabendo que essa “casa” tem dono e nós apenas tomamos conta dela, eu lhe pergunto: você está cuidando bem desse patrimônio de Deus? Essa casa é permanente ou de fim de semana, de temporada? Ela está protegida?
Muitas vezes, nós deixamos essa casa ser ocupada por ladrões, por pessoas que só querem tomar os bens valiosos que nela estão guardados, mas, depois, vão embora sem deixar vestígio, assim como chegaram. Sejamos sentinelas! Fiquemos atentos! Coloquemos uma cerca em volta de nós. Nem tão baixa que qualquer um possa invadir, mas também não tão alta, para que as pessoas passem por nós e possam ver todas as maravilhas que o dono faz enquanto nela habita.
Sejamos sentinelas! Fiquemos atentos! Principalmente, sejamos asseados. Temos de manter o interior e o exterior da casa limpos. A poeira do desleixo não deve tomar o lugar do ar puro do Espírito Santo. Nessa casa nós devemos respirar profunda e tranquilamente e saber que nada de impuro nos infectará. Tudo de ruim ficará do lado de fora da janela de nossos olhos, boca e ouvidos.
Se somos casebre ou mansão, o que importa é o aconchego que o dono da casa sente quando nela chega, adentra-se e sente-se seguro. Saber que ninguém, a qualquer hora, do dia ou da noite, vai entrar e tomar posse do que é dele por direito. Nosso cão de guarda é a oração, é a comunhão,  a confissão e o jejum. Se prestarmos bem atenção, veremos que temos um verdadeiro ‘canil’ à nossa disposição, o qual, aliás, também deve ser bem tratado.
Não sejamos uma casa, uma estrutura fria e destrutível. Sejamos verdadeiramente um lar!